Tweetar Post/Página

Vanilla Ninja




Vanilla Ninja é uma banda estoniana de rock formada em 2002. A banda faz muito sucesso na Europa, principalmente na AlemanhaEstôniaÁustria e Suíça. A bandalançou em 2003 o seu primeiro álbum de estúdioVanilla Ninja, contendo canções em estoniano e inglês. Ainda em 2003 lançaram seu primeiro single, "Club Kung Fu".
A banda participou em 2003 da pré-seleção estoniana do Festival Eurovisão da Canção, mas ficou em nono lugar. Em 2005, elas representaram a Suíça com acanção "Cool Vibes", e terminaram em oitavo lugar.

História

[editar]Começo

O Vanilla Ninja foi formado em 2002, na formação original da banda havia Maarja Kivi(vocal/baixo), Lenna Kuurmaa (vocal/guitarra), Katrin Siska (vocal/teclado) e Piret Järvis (vocal/guitarra). Todas as integrantes eram vocalistas, mas as vocalistas principais eram Maarja Kivi e Lenna Kuurmaa. Naquele tempo, o produtor da banda era Sven Lõhmus, um produtor musical muito famoso nos países bálticos.
No começo de 2002Maarja Kivi havia participado da pré-seleção estoniana do Festival Eurovisão da Canção, ela terminou na sétima colocação. Em 2003, a banda participou da pré-seleção estoniana do Festival Eurovisão da Canção com a música "Club Kung Fu", a banda terminou na nona colocação.
A participação e a popularidade da música ajudou a banda a lançar seu primeiro álbum de estúdioVanilla Ninja, em maio de 2003. O álbumtem canções em estoniano e em inglês.

[editar]Sucesso na Europa

Após o sucesso na Estônia, a banda passou a fazer sucesso também em três países de língua alemãAlemanhaÁustria e Suíça. A banda não havia lançado o álbum Vanilla Ninja ou o single "Club Kung Fu" nesses países. Então o segundo single, "Tough Enough" foi lançado naAlemanha em 8 de dezembro de 2003, e mais tarde na Áustria e na Suíça em 4 de janeiro e 8 de fevereiro de 2004 respectivamente.
Após o sucesso delas, a banda lançou o single "Club Kung Fu" na Alemanha, e também lançou o terceiro single, "Don't Go Too Fast", naAlemanha e Áustria nos dias 4 e 5 de abril, e lançou na Suíça durante o mês de março.
A banda lançou o segundo álbumTraces of Sadness, em junho de 2004. O álbum incluia as músicas "Tough Enough" e "Don't Go Too Fast", além de várias músicas inéditas, como "When the Indians Cry" e "Liar". "Metal Queen" e "Liar" tiveram destaque no jogo musicalDrumMania, lançado para Arcade e PlayStation 2.

[editar]Eurovisão pela Suíça

Vanilla Ninja tocando na final do Festival Eurovisão da Canção 2005 pela Suíça.
A banda não fazia sucesso na Suíça como na Áustria e na Alemanha, mas a popularidade delas na Suíça começou a melhorar com o álbum Traces of Sadness alcançando o 14º lugar nas paradas suíças. Então a banda resolveu representar a Suíça no Festival Eurovisão da Canção 2005. Os suíços sofriam há muitos anos de maus resultados na Eurovisão, o paísficou com nenhum ponto na semifinal do Festival Eurovisão da Canção 2004 com Piero Esteriore & The MusicStars, terminando na última colocação.
O anúncio de que a banda representaria a Suíça frustrou muitas pessoas, principalmente osestonianos, eles achavam que a banda deveria representar seu próprio país. Na Suíça, alguns também não concordaram com a escolha, porque nenhuma integrante da banda erasuíça. Os selecionadores responderam, afirmando que a canção que seria cantada pelabanda, havia sido escrita por um suíçoDavid Brandes. Apesar do David Brandes ter nascido na Suíça, ele é naturalizado alemão.
Após o anúncio, Maarja Kivi deixou a banda porque ela queria tocar heavy metal, e não pop rock. Ela foi substituída pela Triinu Kivilaan, que naquela época tinha apenas 15 anos de idade. A sua participação foi posta em dúvida porque, de acordo com o regulamento, os concorrentes devem ter no mínimo 16 anos de idade.
banda começou a pensar que não iria mais representar a Suíça no Festival Eurovisão da Canção 2005, mas a Suíça decidiu não reverter a seleção, com base de que Triinu Kivilaan faria 16 anos antes da Eurovisão. O Vanilla Ninja terminou em oitavo lugar com 114 pontos, com a música "Cool Vibes".[5]

[editar]Sucesso nas paradas musicais

Logo após a Eurovisão, a banda continuou o seu sucesso na Europa, com o lançamento de "Liar". O single entrou no Top 20 na parada musical da Alemanha e da Áustria, mas desapontou na Suíça, alcançando apenas o 43º lugar apesar da Eurovisão. O próximo single, entretanto, viria ser o seu maior hit, alcançando o Top 10 na Alemanha.[6]
"When the Indians Cry" é o quinto single da banda. O videoclipe é o primeiro com a Triinu Kivilaan na banda. A canção é a primeira power ballad delas, com um ritmo lento. O single virou hit, alcançando o 8º lugar na parada musical alemã em setembro de 2004, o 7º lugar naparada musical austríaca e o 27º lugar na parada musical da Suíça.[7][8]

[editar]Terceiro álbum de estúdio

Após o sucesso do "Blue Tattoo" em novembro e dezembro de 2004, a banda descansou por três meses para a turnê na Ásia. Em 2004 abanda declarou que tinha uma meta ambiciosa de "conquistar o mundo",[9] e a turnê provou ser um sucesso para ajudá-las com sua meta, ganhando novos fãs em países como JapãoChinaMalásia e Tailândia.
Em maio de 2005 a banda retornou para as paradas musicais, lançando uma nova canção chamada "I Know". A canção foi bem sucedida, alcançando o 13º lugar na Alemanha e o 17º na Áustria.[10][11] Duas semanas após o lançamento do seu terceiro álbumBlue Tattoo foi relançado em vários outros países europeus e provou ser tão bem sucedido como o seu álbum anterior, alcançando o quarto lugar naAlemanha,[12] o sexto na Suíça,[13] e o nono na Áustria.[14]

[editar]Integrantes

[editar]Formação atual

[editar]Ex-integrantes

[editar]Cronologia

[editar]Discografia

Álbuns
Compilações
DVD
Singles



Compart

Por: Multimidia Info

Navegue pela Data e encontre as Matérias em Ordem Cronológica.