Tweetar Post/Página

American Broadcasting Company

American Broadcasting Company Logo 2007.png

American Broadcasting Company (ABC Inc.) é um grupo de mídia norte-americano com sede em Nova Iorque, tendo a maior emissora de televisão do mundo. É uma rede de televisão e de rádio dos Estados Unidos, além disso, também pode ser vista através do ABC Family no Canadá. A emissora é de propriedade do grupo Walt Disney, que também possui outras emissoras de televisão, como Disney ChannelDisney XDPlayhouse Disney Channel e ainda 80% do canal de esportes ESPN. Os escritórios e os departamentos de esportes e telejornalismo da emissora ficam em Nova Iorque, enquanto os departamentos de teledramaturgia e programação ficam em Burbank, na Califórnia, ao lado da sede dos Estúdios Walt Disney. É atualmente a maior emissora de televisão do mundo.



História

[editar]A Criação da ABC

Para diminuir o monopólio de redes de rádio, a RCA vendeu por obrigação da FCC (Comissão Federal de Comunicações) a rede NBC Blue, mantendo a rede NBC Red, que naquela época era a maior e a líder dos EUA. Após uma disputa pela rede, a RCA vendeu a NBC Blue para Edward Noble, proprietário da fábrica de doces Life Savers e da cadeia de drogarias Rexall. Mudou o nome da rede para "The Blue Network" e ainda criou uma empresa para administrá-la, a American Broadcasting System.
Em 1944, Noble mudou o nome da rede para American Broadcasting Company. A partir de então, a ABC começou a crescer em audiência com novos programas de rádio e Noble adquiriu novas estações para aumentar sua rede.

[editar]1948: Leonard Goldenson e a entrada da ABC na televisão

Com a grande expansão da cadeia de rádios, a ABC entrou para o mercado de TV. Em 19 de abril de 1948, a ABC Television Network foi ao ar pela primeira vez.
A televisão ainda não tinha se estabelecido nos EUA, por isso Noble vendeu a ABC para a United Paramount Theaterschefiado por Leonard Goldenson, que viu na rede uma grande oportunidade de investimento.
Logo após a compra, Leonard convenceu afiliadas dos concorrentes NBC e CBS para se transformarem em suas afiliadas. Para aumentar a audiência, a ABC começou uma parceria com a Walt Disney Studios. A emissora também fez parcerias com a MGMWarner Bros. e Twentieth Century-Fox.

[editar]1961-1965

Na busca de se posicionar melhor na audiência, os 60 foi de aquisições para a emissora.
A rede de rádios não ia muito bem de audiência. Começou então uma grande reestruturação da cadeia de redes.
Em 1962, a ABC começou a exibir Os Jetsons pela primeira vez em cores. Na temporada 1965-1966, a ABC se juntou com as concorrentes NBC e CBS para exibir programas em cores.

[editar]1965-1969

A emissora de TV começou a investir nas transmissões de esporte, apresentando o Wide World of Sports e inovando com as múltiplas câmeras em Monday Night Football. Fazendo com que as transmissões de esporte uma industrial milionária até hoje.
A emissora investiu no núcleo de séries visando o público jovem urbano do país. Assim apresentou séries como The Outer LimitsThe InvadersTime Tunnel, entre outros. Além disso, apresentou o que seria mais tarde o fenômeno mundialBewitched, mais conhecido no Brasil como A Feiticeira.
Outro fenômeno foi a série inspirada nos comic-books Batman. Sendo o programa de TV mais assistido pelos estudantes doHigh-School e universitários.

[editar]1969-1985: A liderança

A emissora continuou exibindo sitcoms e dramas no seu horário nobre. E investiu no daytime da emissora, transmitindo soap operas como The Edge of NightRyan's Hope e soap-operas produzidas até os dias atuais como General HospitalOne Life To Live e All My Children e gameshows como Family Feud.
A emissora produziu através da ABC Motion Pictures muitos telefilmes para alavancar na audiência.
Assim, a emissora começava a ultrapassar as suas maiores concorrentes, NBC e CBS.
Nos anos 1970, a emissora investiu pesado em séries de grande apelo como Happy Days e As Panteras.
Em 1977, a emissora adquiriu os direitos de transmissão do Óscar, que atualmente seu contrato vai até 2014. Em 1977 finalmente a ABC virou a emissora mais assistida dos EUA.
Em 1984, a emissora adquire o controle majoritário das ações da emissora de esportes ESPN, que naquela época estava crescendo com muita velocidade.

[editar]1985-1996: A era Capital Cities

A partir dos anos de 1985, a emissora foi perdendo a criatividade e a inovação, enquanto a NBC avançava. A audiência e os lucros foi cada vez caindo mais. A emissora precisava de um novo frescor. Mas o que ninguém esperava foi a compra da ABC pela empresa de mídia Capital Cities, que naquela época era um décimo da ABC.
Nos anos que se passaram, cada vez mais a emissora ficava conservadora e com menos sucesso.

[editar]1996-2003: A compra da Disney e o declínio da emissora

Após uma parceria de longa data, a Disney, em 1996 adquire a ABC. Começa as mudanças na programação. Aos sábados de manhã, a emissora coloca ao ar um bloco de desenhos chamado One Saturday Morning, que hoje em dia se chama ABC Kids.
Começa a exibir o game show Who Wants to be a Millionaire. No entanto, um novo fenômeno, Survivor, na CBS, faz com que a ABC mude toda a programação e exiba quatro vezes por semana o seu game show, tornando-o um fracasso. Apesar disso, a emissora investe em séries de algum sucesso como The PracticeAlias e Once Again. E ainda exibe sucessos comoAccording to Jim e My Wife and Kids.
Na onda dos sucessos dos reality shows, a emissora produz Are You Hot? e I'm a Celebrity…Get Me Out of Here!, mas por causa do seu fraco conteúdo se torna programas vergonhosos da emissora.
Na temporada 2003-2004, a emissora fica em quarto lugar de audiência.

[editar]2004-presente: Renascimento

O logotipo em 2D desenhado por Paul Rand e adotado entre 1962 a 2007, atualmente usado como um logotipo secundário, ainda é utilizado em anúncios impressos. O SBT se inspirou no logo da ABC para criar o seu logotipo.
Determinados a alcançar de novo o status, a ABC antecipa as séries Desperate Housewives e Lost. Imediatamente, a audiência da rede dispara graças a boa crítica, grande publicidade, e um pesado marketing durante o verão. Seguiram o mesmo caminho, as séries Grey's Anatomy em 2005 e Ugly Betty em 2006.
Nesta nova fase, a emissora finalmente achou reality shows adequados e de grande sucesso: Extreme Makeover: Home Edition e Dancing with the Stars.
Em 2004, a ABC lançou um canal de notícias chamado ABC News Now. Integra TV digital, TV à cabo, Internet e celulares.
Com a fusão Disney, todas as séries do horário nobre eram produzidas pela Tochstone Television. Em 2007, o estúdio passou a se chamar ABC Studios, como parte da estratégia da Disney em fortalecer suas três marcas: ABC, Disney e ESPNBuena Vista Television, rede de estúdios de TV que tinha ABC como principal rede, passou a se chamar Disney-ABC Domestic Television.
Nos anos 2000, o bloco ABC Sports, marca que a emissora utilizava quando transmitia jogos na TV aberta, e a ESPN fundiram suas operações com o intuito de cortar gastos. Com a mudança, toda transmissão esportiva na ABC passou a ter o selo "ESPN on ABC".
Em 2007, a ABC iniciou um processo de renovação da marca: com uma nova campanha, novas vinhetas, novos gráficos, um logo redesenhado- com reflexos e com a aparência esmaltada- e um novo slogan- ABC: Start Here (algo como: O Começo é aqui)criada por Hachem Taha. Toda essa mudança é devido a mobilidade do conteúdo de notícias e entretenimento. Já que a partir desta campanha, os norte-americanos poderiam assistir episódios na intera, ouvir podcasts especialmente feitos pelo site da emissora e conteúdo no celular.
Em 2009, Disney-ABC Television Group anunciou a fusão de ABC Entertainment e ABC Studios, passando a se chamar ABC Entertainment Group, no qual se responsabilizaria na produção e na emissão. Assim o grupo espera cortar 5% da mão-de-obra.


Compart

Por: Multimidia Info

Navegue pela Data e encontre as Matérias em Ordem Cronológica.