Tweetar Post/Página

Enigma




Enigma é um projeto musical elaborado por Michael Cretu, sua esposa Sandra CretuDavid Fairstein e Frank Peterson em 1990. Michael é o compositor e o produtor; Sandra fornece frequentemente o vocal em trilhas do Enigma. O casal trabalhou também junto no projeto da carreira solo de Sandra.
Seis álbuns com músicas inéditas, em estúdio, foram produzidos com o nome do projeto e várias outras compilações e remixes pela Virgin RecordsGermany Data e Crocodile Music.

História

Em meados de 1970, Michael Cretu já tinha a carreira em suas mãos e vários trabalhos de colaboração com diversos outros músicos. Contribuiu também para os álbuns de sua esposa, Sandra Cretu. Antes do Enigma, Cretu lançou alguns álbuns com seu próprio nome, mas todos não foram particularmente bem sucedidos. Ele revelou em uma entrevista que acreditou que suas idéias começaram a funcionar logo a partir desse momento.
Foi então que Cretu traçou a criação de um novo estilo de "New Age" dance, sem nome ainda. E em dezembro de 1990, surge com o álbum de estréia do projeto: MCMXC a.D. O álbum foi o primeiro sucesso comercial de Cretu, com o single "Sadeness (Parte I)", onde eram mixados Cantos Gregorianos, batida altamente dançante e gemidos sensuais de Sandra, soando altamente peculiar aos ouvidos do público naquele tempo. Outro grande sucesso foi a sexy "Mea Culpa", remixada por vários dos melhores DJs da Europa. Antes que o álbum fosse lançado, Cretu foi cauteloso com a resposta que poderia obter, principalmente em relação a Igreja Católica e decidiu ocultar seu nome real, assinando como M.C. Curly. A contracapa do álbum conteve pouca informação sobre seus integrantes, promovendo o mistério sobre os criadores do álbum e conduzindo a especulação se o Enigma era uma pessoa ou um grupo.
Logo em seguida, "The Cross of Changes" ("O Cruzamento das Mudanças", ou "Cruzamento das Mudanças") foi lançado e vendeu seis milhões cópias em um ano. Com o Hit "Return to Innocence". Este foi o álbum com mais faixas utilizadas em campanhas publicitárias e filmes, sendo utilizado pela última vez no filme "Matrix", em 1999. A música "The Eyes of Truth", Cretu se deixou influenciar desta vez pelos ritmos hindus, inserindo cantos de lamento, que remetiam a paisagens e orações indianas. Sempre com a sua marca registrada. Um som de ostentação e de batidas sensuais, que elevavam a mente para causas espirituais, chamando a todos para uma meditação mais profunda sobre a vida e a nossa missão terrena.
Em 1996, lançou "Le Roi Est Mort, Vive Le Roi!" (O Rei Está Morto, Viva o Rei!). A idéia de Cretu era que este terceiro álbum fosse a síntese dos dois álbuns precedentes, e conseqüentemente os elementos familiares incluídos de cantos gregorianos e música hindu está mais presente que nunca. Embora o álbum tenha sido projetado tão meticulosamente por Cretu, não conseguiu o mesmo nível do sucesso que os dois anteriores. Em conseqüência somente dois dos três singles planejados foram lançados: "Beyond the Invisible" e "T.N.T For The Brain", também remixadas por DJs para as pistas de dança, principalmente na Alemanha, país natal da banda e onde fazem mais sucesso.
No ano 2000, "The Screen Behind The Mirror" (A tela atrás do espelho), incluiu amostras de Carmina Burana de Carl Orff em quatro faixas do álbum. Estão de volta o "Gregorian Chants Remixed" e um som mais grave, e extremamente dançante, e ainda flautas de Shakuhachi e outras assinaturas tradicionais do padrão Enigma. Somente "Gravity of Love" e "Push the Limits" foram lançadas como single. Também marca a estréia do cantor Andru Donalds no projeto do Enigma.
Em 2001, Cretu lançou o single "Turn Around" junto com a compilação "Love Sensuality Devotion - The Greatest Hits" e "Love Sensuality Devotion - The Remixes". Uma amostra dos álbuns, está em exposição no Planetarium de Munique, afixada lá durante a cerimônia de lançamento dos álbuns "LSD-Hits e LSD-Remixes".
"Voyageur" (Viajante) de 2003, foi considerado por muitos como uma transformação total do projeto. Quase todos os elementos proeminentes da assinatura de Enigma (o étnico e/ou o Gregorian chants, as flautas famosas de Shakuhachi) não estavam mais presentes nesse álbum, que foi muito mais eletrônico e utilizou escalas diferentes, uma espécie de releitura do projeto. Soou diferente, e em consequência dessa mudança, muitos não apreciaram essa nova sonoridade e as vendas foram afetadas.
Em 2005, a gerência do Enigma (Crocodile-Music) anuncia o lançamento do single mais esperado e mais atrasado da banda: "Hello and Welcome". O single seria originalmente lançado em outubro, porém foi adiado para 25 de novembro, e finalmente lançado na Alemanha em 10 de março de 2006. A canção é dedicada ao boxeador alemão, "Felix Sturm".
Já em 6 julho de 2006, o projeto Enigma finalmente lança o seu sexto disco "A Posteriori" que contém uma versão nova para "Hello and Welcome". Destaque para "Eppur Si Muove" e "Goodbye Milky Way". Este álbum é talvez o mais sombrio da banda, tomando como tema a Via Láctea, e sua destruição prevista para acontecer em alguns milhões de anos. Este álbum propõem uma reflexão sobre a criação e a destruição do cosmos, vida e morte, claro e escuro, assim como o primeiro álbum, só que desta vez, sem a temática sexual, dando mais ênfase ao dançante. Este álbum é lançado no mesmo período em que a humanidade olha para o céu, se questionando sobre o status de planeta ou asteróide, do corpo celeste chamado Plutão. "A Posteriori" é uma boa trilha sonora para essa reflexão, já que o abuso de ecos nas músicas remete a uma jornada pelo espaço sideral.

[editar]Curiosidades

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Este artigo pode ser melhorado, integrando ao texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
No começo de cada álbum Enigma, uma vinheta de boas vindas é ouvida. Sempre o mesmo som inconfundível de "The Voice of Enigma", apresentado de formas diferentes, em cada disco.
Muitas de suas canções são usadas em publicidade, filmes e até mesmo como ilustração de matérias jornalísticas ao redor de todo o mundo, é praticamente impossível que alguém nunca tenha ouvido ao menos um trecho de alguma de suas músicas.
Em 1993, Cretu recebeu a proposta de compor a trilha sonora completa do filme "Sliver" (1993) mas, no momento, estava desenvolvendo o segundo álbum do Enigma e estava impossibilitado de aceitar a oferta. Porém, entrega as canções Carly's Song e Carly's Loneliness, temas para a personagem Carly interpretada pela atriz Sharon Stone.
O projeto é também notável por apresentar para o grande público, o canto gregoriano, tornando-o uma grande sensação nos anos 90, para além de popularizar o uso da flauta de Shakuhachi.
As canções tais como "The Voice & The Snake" e Weightless poderiam ser vistas como canções experimentais, no uso de novos recursos de estúdio, e o uso de sons invertidos, jamais usados antes em álbuns comerciais, os mais proeminentes trabalhos em que se faz uso dessa utilização são os álbuns Le Roi Est Mort, Vive Le Roi! e The Screen Behind The Mirror, este último contem uma trilha experimental breve que consiste inteiramente em vocais invertidos, estas amostras invertidas foram menos utilizadas em Voyageur.
De um ponto de vista estatístico, cada álbum do projeto Enigma, vendeu aproximadamente metade do lançamento anterior.
O Projeto Vendeu mais de 40 milhões de álbuns.
O nível de sensualidade nas músicas do projeto, difere de álbum a álbum, profano em Principles of Lust (princípios da Luxúria), romântico em Gravity of Love (Gravidade do Amor), meigo na balada Return to Innocence (Retorno à Inocência), desse modo, Michael Cretu descreve a música do Enigma como sensual e não sexual.
Michael Cretu é extremamente caseiro e, reside atualmente em Ibiza (Eivissa), Espanha, morava em outro local, nos montes de Ibiza onde, até recentemente, funcionaram os estúdios de A.R.T. Mudou-se para uma outra mansão, construída com a finalidade de comportar um mega estúdio de gravação avançado (com o mesmo nome do anterior), para poder trabalhar em paz.
Michael Cretu está sob contrato com a "Virgin Records" para lançar um total de oito álbuns, com o prazo de um a cada três anos. Seguindo o prazo atual, se prevê que o último álbum do Enigma será lançado em 2012.

[editar]Membros

Michael Cretu e Sandra Cretu formam o projeto desde o começo. Outros músicos que tinham trabalhado previamente ao lado de Cretu, na produção de álbuns do grupo são Frank Peterson, David Fairstein, Peter Cornelius e Jens Gad.
Os cantores que foram influentes em canções do Enigma são: "The Angel X", que forneceu os vocais para "Return to Innocence", Ruth-Ann Boyle e Andru Donalds em "The Screen Behind The Mirror" e "Voyageur". Louisa Stanley e Elisabeth Houghton emprestaram também suas vozes em "The Voice of Enigma" e "Knocking on Forbidden Doors".
Por isso Enigma não é uma banda propriamente, mas um projeto musical, os artistas são convidados somente para participarem de determinados álbuns e não do projeto em si.

[editar]Prêmios

[editar]Discografia

Segue abaixo a discografia do projeto, sendo ele estreado por MCMXC a.D. em 1990, e tendo como último lançamento Seven Lives, Many Faces, em 2008.[5]

[editar]Álbuns

[editar]Singles

  • 1990 - Sadeness (Parte I) (Virgin)
  • 1991 - Mea Culpa (Parte II) (Virgin Records)
  • 1991 - Principles Of Lust (Virgin)
  • 1991 - The Rivers Of Belief (Virgin Records)
  • 1993 - Age of Loneliness | Carly´s Song (Virgin Records)
  • 1993 - Return to Innocence (Virgin)
  • 1994 - Age of Loneliness (Virgin Records)
  • 1994 - The Eyes of Truth (Virgin Records)
  • 1994 - Out from the Deep (Virgin Records)
  • 1996 - Beyond the Invisible (Virgin)
  • 1997 - T.N.T. for the Brain (Virgin Records)
  • 1999 - Gravity of Love (Virgin Schallplatten GmbH)
  • 2000 - Push the Limits (Virgin Records)
  • 2001 - Turn Around (Virgin Schallplatten GmbH)
  • 2003 - Voyageur (Virgin Records)
  • 2003 - Following the Sun (Virgin/EMI)
  • 2004 - Boum Boum (Virgin Schallplatten GmbH)
  • 2005 - Hello and Welcome (Virgin Schallplatten GmbH)
  • 2007 - Eppur si muove (Virgin Schallplatten GmbH)
  • 2008 - La Puerta Del Cielo Seven Lives (Virgin Schallplatten GmbH)
  • 2008 - The Same Parents(Virgin Schallplatten GmbH)
  • 2011 - MMX (The Social Song)
Compart

Por: Multimidia Info

Navegue pela Data e encontre as Matérias em Ordem Cronológica.